Turma do TST concedeu a empregada o direito de horas extras referentes a intervalos

A Sétima Turma do Tribunal Superior do Trabalho concedeu a uma analista de crédito e cobrança, de Belo Horizonte, em Minas Gerais, o direito de receber o pagamento de duas horas extras diárias referentes a intervalos intrajornada. A Turma decidiu que a empresa em que atuava vai ter de pagar como horas extras os minutos de descanso não usufruídos pela empregada ao longo da jornada.

Confira na reportagem com Evinny Araújo.


Fonte: TST

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *