Boletim ao vivo | Carreteiro não será indenizado por dano existencial decorrente de jornada exaustiva


                         Baixe o áudio
      

 

A Segunda Turma do Tribunal Superior do Trabalho excluiu a condenação imposta à Nalessio & Nalessio Transportes e Comércio de Madeiras, em Piracicaba (SP), de pagamento de indenização a um caminhoneiro carreteiro que alegava ter sofrido dano existencial por excesso de jornada. Segundo a decisão, não foi demonstrado pelo empregado prejuízo ao convívio familiar e social para que seja reconhecido o dano existencial.

 

Ouça os detalhes na reportagem de Michelle Chiappa.


Fonte: TST

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *